Guia de Raças


    PUG


Cão de companhia, o Pug tem aspecto quadrado e compacto, corpo bem proporcionado e musculoso, cabeça grande e redonda e focinho curto e quadrado.

 

Uma das suas marcas registradas são as rugas, bem visíveis na face. A pelagem é fina, lisa e suave, sendo encontrado nas cores dourada, preta e prata - esta última quase em extinção. Sua altura varia entre 25 e 28 centímetros e o peso fica entre 6 e 8,5 quilos.

 

Ele é muito mais forte e sólido que outros "toys" e se mostrou um excelente companheiro. Não precisa de passeios longos, uma vez que, por causa de seu focinho achatado, tem respiração ofegante normalmente. É fiel e bastante sociável, adaptando-se bem a pessoas estranhas.

 

Segundo Mario Knoll, do Canil Excalibur Quest, de Valinhos (SP), não se deve deixar a pelagem muito tempo úmida. "Deve-se também evitar que a raça fique muito no sol ou no frio", alerta. 


CUIDADOS BÁSICOS


Cão de companhia, ideal para apartamentos, porém bem ventilados, já que não pode ser exposto a altas temperaturas. Esta raça é suscetível a lesões oculares e problemas respiratórios. A alimentação deve ser equilibrada, pois tem tendência à obesidade. As rugas no rosto devem ser limpas e enxugadas com cuidado para evitar infecções.

 

Porte: Pequeno

Origem: China

 

Curiosidade

O escritor brasileiro Jorge Amado, morto em agosto de 2001, era um grande apaixonado por Pugs. Um deles, chamado Fadul Abdala, virou personagem dos livros "Descoberta das Américas pelos Turcos" e "Tocaia Grande".

 

História

Este cão de origem oriental surgiu na China há mais de 4.000 anos, onde era criado por monges budistas. Entretanto, este cão encontrou muitos admiradores na Holanda, onde ganhou o nome Mops. Em 1572, ao dar o alarme contra um ataque, um Pug salvou a vida de William I, príncipe de Orange e herdeiro da coroa holandesa. Isso fez com que o Pug se tornasse o cão oficial do reino e uma estátua fosse erguida ao lado da tumba de William I, na Catedral de Delft. Acredita-se que a raça chegou ao Brasil por meio da companhia mercantil holandesa das Índias Orientais. O Pug chegou à Inglaterra durante o reinado de Guilherme II e se tornou o favorito do rei. Acredita-se que antigamente ele era maior e chegou a contribuir no desenvolvimento de algumas raças inglesas, como o Buldogue e o Affenpinscher.


   



© 2012. Spa Animal. Todos os direitos reservados.

Administrador

Desenvolvimento e Hospedagem