Guia de Raças


    BASENJI


Existe uma corrente que acredita que o Basenji descende do Spitz, por causa da semelhança entre ambas as raças. Outra versão diz que a raça é derivada de cães párias da África Central, onde foi usado como guia para a caça.

 

Inteligente e de aspecto chamativo, segundo definição de criadores, combina conformação ligeira à graça de uma gazela.

 

Para valorizar este conjunto, as orelhas, pontiagudas e eretas, ficam no alto da cabeça. A altura do Basenji varia entre 40 e 43 centímetros e seu peso entre 9 e 11 quilos.

 

Sua pelagem, curta e lisa, é encontrada geralmente nas cores vermelha com manchas brancas. No Zaire, também são encontrados exemplares tigrados.

 

Alegre e afetuoso com as pessoas, é considerado um ótimo cão de companhia. Com outros cães, costuma ser hostil. Como não late, emite sons semelhantes a uivos em falsete.

 

E ele tem ainda uma grande vantagem: exige poucos cuidados, pois, a exemplo dos gatos, costuma limpar seu próprio pêlo.     


CUIDADOS BÁSICOS


Bom para apartamento, desde que saia para passeios diariamente. Quase não late e é extremamente limpo. Exige poucos cuidados, como banho e escovação. Entre as doenças mais comuns são cegueira e Síndrome de Fanconi, que pode causa insuficiência renal. A média de vida é de 13 anos, mas já se registrou um exemplar da raça que chegou aos 17,5 anos.

 

Porte: Pequeno

Origem: Zâmbia

 

Curiosidade

Uma das mais antigas raças de cães e uma das poucas a ser desenvolvida na África.

 

História

Existem registros de cães semelhantes ao Basenji em antigas tumbas egípcias. Em 1934, foi levado para a Europa para ser usado como cão de companhia.

 


   



© 2012. Spa Animal. Todos os direitos reservados.

Administrador

Desenvolvimento e Hospedagem