Guia de Raças


    COCKER SPANIEL AMERICANO


Fruto da entrada do Cocker Spaniel Inglês nos Estados Unidos, que foi trazido com a colonização inglesa, o Cocker Spaniel Americano diferenciou-se oficialmente do Cocker Inglês em 1946.

 

Um pouco menor, mais rápido e com a pelagem mais fina que a variedade inglesa, o Cocker Americano foi considerado, por 17 anos, o melhor cão de companhia dos Estados Unidos. Sua altura varia de 35 a 38 centímetros e seu peso de 11 a 13 quilos.

 

Alegre, vivo, doce e sadio, é também um cão que se relaciona muito bem com crianças. Quase nunca late ou fica doente e, mesmo quando a criançada resolve puxar seu rabo, mantém a calma.

 

O Cocker Spaniel Americano possui pêlo longo e macio, que não costuma ficar espalhado pela casa. "Para manter o pêlo bonito, é preciso dar banho uma vez por semana", diz Taís Lovati Vagostelo, criadora da raça há 20 anos e proprietária do canil St'James Cocker, em Brasília. As cores da pelagem podem ser preta, dourada, preta e dourada, chocolate, chocolate e castanha. A escovação feita por pessoas inexperientes estraga a pelagem do animal", afirma a criadora.

 

Mais tranqüilo que o Cocker Inglês, o americano adapta-se muito bem a apartamentos. "É até mais apropriado, pois assim ele se mantém limpo", conta Taís.

 

Em questão de limpeza, o criador de um cocker não deve se esquecer de limpar a orelha de seu cão. "É um prato cheio para otites e o mau cheiro."

 

"Por não soltar muito pêlo, não deve ser escovado todos os dias.


CUIDADOS BÁSICOS


Elétrico, precisa de brinquedos e passeios diários para gastar as energias. Também não gosta de ficar muito tempo sozinho. A média de vida desse cão é de 10 a 11 anos. As causas mais comuns de morte são câncer (23%), idade avançada (20%), cardíacas (8%) e anemias (8%). Otites são freqüentes, então, estes cães precisam de limpeza semanal nas orelhas. Alguns problemas oculares também são observados, como glaucoma, catarata e atrofia progressiva da retina.

 

Porte: Médio

Origem: Estados Unidos

 

Curiosidade

Nos Estados Unidos, onde é conhecido simplesmente como Cocker Spaniel, este cão ocupa a quarta posição das raças mais registradas. Aqui no Brasil, apesar de muito popular, o Cocker Spaniel Americano não figura nem entre os top 10 das raças mais registradas na Confederação Brasileira de Cinofilia (CBKC).

 

História

Foi só no final do século 19 que o Cocker Spaniel Americano começou a se distanciar do padrão do Cocker Inglês. Em 1936, o American Kennel Club considerou que esses cães eram de variedades distintas. Demorou uma década, entretanto, para que as duas raças fossem reconhecidas como diferentes. O Cocker Americano foi desenvolvido para a caça em pântanos. Com isso, seu tamanho é menor do que o do Cocker Inglês e suas patas são maiores, o que ajuda na hora de nadar. Seus pêlos são mais longos e volumosos.


   



© 2012. Spa Animal. Todos os direitos reservados.

Administrador

Desenvolvimento e Hospedagem