Guia de Raças


    CÃO D'ÁGUA PORTUGUÊS


Forte, compacto e de musculatura bem desenvolvida. Essas características revelam a verdadeira natureza do nadador que existe no Cão d'Água.

 

A altura varia de 40 e 56 centímetros e o peso atinge entre 16 e 25 quilos. A pelagem é densa e cobre todo o corpo, com duas versões de pêlos: longo e ondulado com brilho e mais curto, áspero e denso, sempre nas cores branca, preta ou marrom.

 

O aspecto geral, com se tivesse saído de uma piscina, é a maior atração desta raça. O Cão d'Água, além de esportista, também é um cão de companhia dotado de inteligência e valentia. De temperamento amigável, está sempre disposto para brincadeiras.


CUIDADOS BÁSICOS


Grande, o ideal é criado em locais espaçosos, onde possa correr e brincar. Como todo cão de rara pura, está sujeito a doenças genéticas, como displasia do quadril, catarata, atrofia progressiva da retina e problemas cardíacos. Seu pêlo requer escovação e tosa especializada para mantê-la viçosa e livre de embaraços.

 

Porte: Médio

Origem: Portugal

 

Curiosidade

O Cão d'Água Português era usado nas naus portuguesas como sinalizador, por volta de 1500. Ou seja, ao menor sinal de perigo, principalmente sob neblina, ele começava a latir, avisando os marinheiros. Acredita-se que foi baseado nessa aptidão do Cão d'Água que os sistemas de apitos náuticos foram criados.

 

História

Sobre suas origens, sabe-se que os pescadores portugueses utilizavam o Cão d'Água para afugentar os peixes para as redes, recolher os que escapavam pela borda e vigiar o pescado com as redes a bordo. Acredita-se, também, que eles foram usados como pastores de gado, ovelhas e camelos na Ásia Central.


   



© 2012. Spa Animal. Todos os direitos reservados.

Administrador

Desenvolvimento e Hospedagem